Manifestantes hostilizam ministros do STF na porta de hotel em Nova York

Manifestantes hostilizaram, neste domingo (13), ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que estão em Nova York para participar do evento do Lide Brazil Conference, entre 14 e 15 de novembro.

Nas imagens divulgadas nas redes sociais, manifestantes gritam e xingam os magistrados quando eles saem do hotel pela porta principal para entrar em uma van, estacionada logo em frente.

Quando o ministro Gilmar Mendes sai do hotel rumo ao veículo, uma das pessoas grita: “O que é seu está guardado, seu bandido”.

Mais cedo, segurando cartazes com os dizeres “SOS Forças Armadas” e com vestimentas nas cores verde e amarelo, os manifestantes faziam gritos de ordem: “Ei, Xandão, seu lugar é na prisão”, em referência ao ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em outro momento, na Times Square, o ministro Luís Roberto Barroso é abordado na rua por uma mulher. Ela o questiona: “Como está, senhor juiz?” e responde: “Muito bem, senhora. Feliz pelo Brasil”.

Em seguida a mulher, que grava todo o percurso, complementa: “Ah, tá bom. Mas nós vamos ganhar essa luta. Nós vamos ganhar essa luta. O senhor está entendendo? Que a gente vai ganhar essa luta, cuidado. O povo brasileiro é maior do que a nossa Suprema Corte”.

E Barroso responde: “Com a graça de Deus”. A mulher continua: “Você não vai ganhar o nosso país”.

Em seguida Barroso entra em uma loja e diz: “Não seja grosseira. Tchau, minha senhora. Passar bem”.

A Política JP tenta contato com os ministros citados para que eles comentem as hostilidades sofridas neste domingo.

Noticias em Destaque

Fonte: Politica JP