Gestão do Prefeito de Sumé é destaque no ranking de execução orçamentária em 2017

O período da pesquisa auditado foi de janeiro a agosto do ano passado. Dos 223 municípios paraibanos, apenas 79 tiveram os prefeitos “aprovados por média

No Cariri Ocidental, de acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, a gestão do prefeito de Sumé Éden Duarte é um exemplo no que se diz respeito a execução orçamentária,  de Janeiro a Agosto de 2017, o município recebeu R$ 27.874.017,98 e investiu R$ 26.986.795,34, o que representa um superávit de 3,18 % em 2017.

Isso significa que o prefeito Éden gastou menos que o município arrecadou em 2017, deixando as contas do município no azul.

GIVALDO LIMEIRA- PREFEITO COXIXOLA

Outro município destaque no Cariri Ocidental foi Coxixola, o prefeito Givaldo Limeira recebeu entre janeiro e agosto R$ 6.232.784,54 e investiu R$ 6.068.505,53 um superávit de 2,64%.

Pelo menos 144 deles estão gastando mais do que arrecadam, é o caso do prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro, Adriano Wolff (DEM). Ele é o maior exemplo do que não se deve fazer em termos de gestão pública, segundo dados auditados do Tribunal de Contas do Estado (TCE) o prefeito recebeu R$ 8.034.373,09 e gastou R$ 16.940.010,44 um déficit de 110,84%.

O ranking de execução orçamentaria do TCE apresenta dados negativos para a região do Cariri Ocidental, os 7 piores resultados são de municípios da região:  São Sebastião do Umbuzeiro, Prata, Caraúbas, São João do Cariri, Ouro Velho, Amparo e Congo.

DADOS DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

CONFIRA O RELATÓRIO: CLICK AQUI 

Cariri em Destaque